Esse dia 30 de junho é dedicado à celebração da existência das Redes Sociais no mundo! Há 15 anos atrás não podíamos imaginar o que estamos vivenciando agora, não é mesmo? Inúmeras pessoas com seus smartphones fazendo selfies, registrando seus momentos, horas e horas conectadas à espera de likes e follows. Hoje, os relacionamentos entre pessoas, produtos e serviços estão na palma da nossa mão, mudando nossa relação com o tempo e espaço.

 

Já parou para analisar sobre o quanto a indústria 4.0 e transformações tecnológicas e digitais estão mudando nossa forma de pensar, sentir e agir? Ampliou exponencialmente nosso conhecimento e, consequentemente, nossa visão e nossos valores.

 

Eu trabalho com negócios na área da beleza e estética, como mentora e treinadora, e sei bem o quanto o setor ainda engatinha para um posicionamento digital, longe ainda de usufruir totalmente dos benefícios dessas mídias! É preciso admitir que o jogo virou: São os consumidores que têm cada vez mais poder de influenciar marcas, negócios ou carreiras. Sem utilizar as Redes Sociais com eficiência, muitos estão caindo no anonimato e perdendo cada vez mais oportunidades, com dificuldade de atrair, conquistar e fidelizar clientes.

 

Não tem volta; os portfolios impressos, as fotos reveladas ou pastas de inspirações nos centros de beleza e estética foram substituídos pela exposição online, trazendo reconhecimento a pessoas ou empresas que, mais que prestadoras de serviços, tornaram-se influenciadoras digitais. Em tempos de compreensão sobre as boas práticas de Biossegurança, nem revistas nesses estabelecimentos você pode distribuir. Pós Covid-19 há uma adesão ainda mais forte à tecnologia e quem não aceitar e aprender a lidar com ela ficará para trás.

 

Dados da pesquisa Global Digital Overview 2020, feita pelo site We Are Social em parceria com o Hootsuite apontam que o brasileiro fica 3 horas e 31 minutos por dia nas redes sociais. Por aqui, são 205,8 milhões de linhas de telefone celular, segundo o estudo, o equivalente a 97% da população. Já o acesso à internet atinge 150,4 milhões de brasileiros, uma penetração de 71%, enquanto os usuários de redes sociais chegam a 140 milhões de pessoas, 66% do total de habitantes.

Uma tendência que se reforçará é o desejo das pessoas em verem conteúdos cada vez menos ‘comerciais’ e cada vez mais empáticos e cheios de significado. Também é esperada a presença dos donos e equipes de empresas, como porta-vozes da verdade, com autenticidade e transparência. A população mundial está mais consciente do papel da Internet e utilizando de forma mais ‘saudável’.

 

Mais de 4,5 bilhões de pessoas em todo o mundo já usam a internet; 3,8 bilhões delas estão nas redes sociais. Ou seja: 60% dos 7,7 bilhões de seres humanos espalhados pelo planeta estão conectadas, segundo a pesquisa Global Digital Overview 2020.

 

Feliz Dia Mundial das Redes Sociais para quem sabe utilizar essas ferramentas poderosas de forma tranquila e efetiva, conquistando objetivos pessoais e profissionais! Seguimos juntos…

 

E, por falar nisso, já está me acompanhando em todas as Redes? Fica de olho no meu canal no Telegram, onde tem publicações exclusivas e informações em primeira mão! Clique aqui: t.me/metodoavante (colocar link)

 

Forte abraço!

Compartilhe!