A revolução tecnológica que estamos vivendo ampliou o conhecimento e percepção crítica sobre o consumo. Mudou o comportamento de clientes de Salões de Beleza, Estúdios de Beleza, Barbearias, Esmalterias, Clínicas Estéticas e outras empresas de embelezamento e bem-estar. O jogo virou, os consumidores têm cada vez mais poder e as empresas precisam se mexer para criarem alternativas de atração e fidelização de clientes.

São muitos profissionais e empresas surgindo nesse mercado, o que não é novidade, pois sempre foi uma área em franco crescimento; mas nos últimos cinco anos é possível perceber essa expansão do seguimento em uma proporção ainda maior devido nosso acesso facilitado às informações que antes ficavam restritas a bairros ou cidades. Os portfolios impressos, as fotos reveladas ou pastas de inspirações foram substituídos pela exposição online, trazendo reconhecimento a pessoas ou empresas que, mais que prestadoras de serviços, tornaram-se influenciadoras digitais.

A Internet, em especial com o advento das Redes Sociais, mudou a nossa relação com o tempo e espaço, aproximando geograficamente as pessoas e exigindo imediatismo nas relações, devido a sensação de que tudo ocorre de forma muito rápida. Com toda essa inovação, os profissionais e gestores da beleza e estética são forçados a se adaptarem. Coloque-se no lugar do seu público alvo; você também mudou! Estamos em um momento de ampla expansão das Redes Sociais e elas podem edificar ou enterrar uma carreira, ser mocinha ou vilã no processo de busca de reconhecimento e atração de clientes, dependendo do que você decide fazer!

O sucesso no marketing digital está totalmente ligado à qualidade de marketing de conteúdo. Tentar vender pelas redes sociais não é o melhor caminho. A venda deve ser consequência de um conteúdo relevante para o público alvo, inspirando, educando, sanando dúvidas, estimulando a curiosidade, trazendo soluções, eliminando problemas. A venda é consequência disso e vem como efeito, não como base da comunicação. No Instagram evite usar publicidades, artes com textos nas imagens; essa é uma Rede inspiracional e pede conteúdo em fotos e vídeos. Já na página profissional no Facebook é possível utilizar banners, principalmente para posts patrocinados; apenas se atente à quantidade de texto na imagem, que deve ser o mínimo possível para não ficar poluída e perder engajamento.

Quando o assunto é Rede Social, beleza se põe na mesa. Quanto mais imagens e vídeos interessantes, mostrando o que há de mais lindo no seu trabalho, maior o engajamento do público que você deseja atrair. Faça uma triagem antes de publicar, selecionando bem. No Instagram, os Stories humanizam sua marca e neles você pode publicar todas as clientes, cenários diferentes, equipes que trabalham com você, estrutura da empresa que você atua, assim como seus momentos de descontração, entre outros. Você pode inclusive criar um Destaque com nome Clientes e associar a ele todos os stories do dia a dia com clientes diversas, mostrando o lado real da prestação de serviços.

Ao gerar conteúdos é importante evidenciar a sua arte, focar no que você desenvolve: No caso de serviços de cabelo feminino ou barbearia, assim como maquiagens, as fotos enquadradas em plano fechado são ideais, apresentando cabelo ou rosto. Para o seguimento de estética, o plano fechado mostrando procedimentos faciais ou o plano aberto com os procedimentos corporais, assim como imagens de antes e depois interessam bastante o público. Quanto mais segmentado o seu trabalho, maior a necessidade de foco exatamente no que você desenvolve. Se você é manicura, mostre apenas unhas, as mais belas, podendo apresentar também vídeos de procedimentos ou antes e depois em caso de tratamentos e extensões. Se faz design de sobrancelhas, micropigmentação ou design de cílios, faça imagens focadas no seu trabalho; isso é o que te representa. Na odontologia estética, mostre os melhores sorrisos e expressões faciais. E por aí vai…

É importante em todos os casos que haja uma coerência nas publicações, criando uma comunicação visual uniforme que identifique a sua marca. Cuide dos cenários, gerando uma composição de fotos com aparências semelhantes. Quanto mais clean, melhor. Evitar backdroop com logotipos da empresa também é importante para criar imagens que engajem nas redes sociais, já que as marcas ao fundo podem poluir suas fotos e vídeos, dando um aspecto comercial ao que deve ser inspiracional. Iluminação de qualidade também é fundamental para apresentar a melhor performance do seu trabalho; um Ring Ligth pode auxiliar, mas antes de investir em luz, invista em um excelente aparelho de celular. Em breve falarei mais sobre Redes Sociais aqui no Blog, com muitas dicas para te auxiliar no universo digital!

Por Gleyce Persil

Compartilhe!